Abril 21, 2024

O PRS chamou a imprensa esta segunda-feira, 01, para apresentar as conclusões saídas nas reuniões do Conselho Político e Comité Nacional do partido que visaram apreciar o acórdão 880/2023, que impede o Partido de Renovação Social de realizar o V Congresso, inicialmente aprazado para o dia 02 de Abril próximo.

Falando aos profissionais de comunicação social, o secretário geral, Rui Malopa, disse que o Comité Nacional recomenda ao secretariado executivo a trabalhar no sentido de conformar os actos, que podem levar a realização do V Congresso, em data a anunciar.

O político dos renovadores disse que o militante Sapalo António poderá concorrer ao V Congresso, contudo, esclareceu que não foi Benedito Daniel que o sancionou, para afastá-lo da corrida.

Vale lembrar que o Tribunal Constitucional inviabilizou a realização do conclave do PRS ao dar provimento ao recurso do militante Sapalo António, que viu a sua candidatura chumbada, por este ter sofrido sanção disciplinar. Entretanto, de acordo com a decisão daquele órgão judicial, a medida é inconstitucional.

Para além de Sapalo António, a Comissão Organizadora chumbou também a candidatura do líder juvenil do partido, Gaspar Fernandes, que também, segundo disse à Rádio Correio da Kianda, já remeteu ao TC o recurso de impugnação do V Congresso.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *