Maio 18, 2024

Morte da Carolina dos Santos, antiga funcionária da AGT: SIC faz reconstituição do crime

Estão detidos dois cidadãos implicados na morte da antiga funcionária da AGT Carolina dos Santos Cardoso, 40 anos, no final do mês de Abril na localidade do Calemba 2 em Viana na presença dos filhos. O Serviço de Investigação Criminal, este local e fez a reconstituição do crime e um dos comparsas conhecido por Jijibril foi morto pelo populares na zona da Nice, Calemba 2.

A redacção

Em declarações à imprensa, o porta-voz do SIC Geral superintende- chefe criminal, Manuel Halaiwa, disse que acção foi possível deter o principal suspeito dos disparos à vítima que transportava numa mota de marca LingKen de cor preta com a matrícula VNA 041-7. Identificados por Hilario Vital que conduzia a motorizada na ocasião dos disparos e identificado por Joaquim da Silva João conhecido por “Jijibrill”, que é presumível autor dos disparos que vitimou a cidadã Carolina dos Santos Cardoso.
No princípio da manha desta segunda-feira, decorreu a reconstituição do crime na zona do Calemba 2 local onde correu acção criminosa.
De acordo com Manuel Halaiwa, conta que accção criminosa foi uma tentiva de roubo. E no percurso circulavam nos arredores do Kikuxi e interpelaram a cidadã, tendo estes solicitados os pertences destas e não cedidos, resolveram disparar contra a malograda. A mesma ainda socorrida no local pelos populares, mas acabou por sucumbir na unidade hospitalar.
JIJIBRIL MORTO NA FUGA
Perseguidos pela população e taxistas até na zona da famosa Nice, estrada direita da Calemba 2, caíram da motorizada e “Jijibril” foi lixado pela população acabando por sucumbir no local, mas outro acompanhante colocou-se em fuga.
Depois desta acção em que conseguiram subtrair outros pertences como telemóvel, entregam ao outro comparsa, sendo o receptador das coisas roubadas por estes, identificado por Joaquim Hanga Thissele “Lukeny”. E o porta-voz, conta que antes do roubo que vitimou mortalmente Carolina dos Santos, os mesmos havia realizado outros roubos de telemóveis de diversas marcas, mas este questionou a ausência de Jijibrill ao Hilário Vital. “A SIC apreendeu um telemóvel de marca ASUS e dois foram vendidos a 115 mil kwanzas, uma pasta onde transportava uma pistola”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *