Abril 21, 2024

Com apoio da Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde e o Governo provincial de Luanda realizam este sábado, uma caminhada de cinco quilómetro denominada “Caminhar para Saúde”, em alusão ao dia mundial da saúde que se assinala no domingo, 7 de Abril.

 

A redacção

 

Segundo a Organização Mundial da Saúde, mais de metade da população mundial – 4,5 mil milhões de pessoas – não está totalmente coberta por serviços de saúde essenciais; e mais de 3 mil milhões de pessoas enfrentam dificuldades financeiras para aceder aos cuidados básicos de saúde.

Nesta senda, com apoio da Organização Mundial da Saúde, o Ministério da Saúde e o Governo provincial de Luanda realizam este sábado, uma caminhada de cinco quilómetro denominada “Caminhar para Saúde”, em alusão ao dia mundial da saúde que se assinala no domingo, 7 de Abril.

Da nota chegada a mesa da nossa redacção, a concentração começa nas primeiras horas deste sábado, na marginal junto ao Porto de Luanda. Haverá intervenções do governador de Luanda, Manuel Homem, da ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta e de outras individualidades ligadas à OMS.

No mesmo ano, o direito à saúde foi igualmente consagrado na Declaração Universal dos Direitos Humanos. O direito à saúde estabelece a base para comunidades vibrantes e produtivas, economias mais fortes, nações mais seguras e um mundo melhor.

Actualmente, está ameaçado por múltiplas crises, desde doenças a catástrofes, passando por conflitos e alterações climáticas, a concretização do direito das pessoas à saúde é uma missão mais importante do que nunca.

Por isso, o tema escolhido para o Dia Mundial da Saúde 2024 é “Minha Saúde, Meu Direito”, apelando ao trabalho conjunto para reforçar o acesso universal aos cuidados de saúde e direitos básicos para todos os cidadãos. Todos juntos e unidos, devemos centrar os esforços para “acções urgentes necessárias para manter os seres humanos e o planeta saudáveis e promover um movimento para criar sociedades focadas no acesso ao mais elevado nível de bem-estar das populações”, refere a nota.

Em Angola, sob o lema “Promovendo a Actividade Física e a Humanização dos Serviços Para Garantir a Saúde para Todos” serão realizadas um leque de actividades a nível nacional para comemorar esta efeméride, incluindo palestras, rodas de conversa com as comunidades e uma caminhada de saúde visando celebrar os avanços na saúde pública, consciencializar sobre os desafios actuais e futuros, e fortalecer parcerias para melhorar a saúde da população angolana.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *