Julho 21, 2024

O Presidente João Lourenço concedeu, igualmente, ontem, no período da tarde, uma audiência conjunta a oito líderes religiosos do país.

A audiência, no Palácio da Cidade Alta, serviu para manifestarem o sentimento de gratidão pelo reconhecimento de sete novas igrejas no país durante a vigência do seu mandato, assim como solicitar apoio para as várias acções que levam a cabo pelo território nacional, com destaque para a atribuição do estatuto de instituição de utilidade pública a algumas confissões religiosas idóneas, assim como o reconhecimento de algumas escolas de formação teológica no país, dadas as dificuldades que as pessoas formadas nesta área encontram para verem reconhecidos oficialmente os seus diplomas.

“Temos muitos teólogos cujos documentos não são certificados pelo Instituto Nacional de Avaliação, Acreditação e Reconhecimento de Estudos do Ensino Superior (INAAREES)”, fez saber o reverendo Antunes Huambo, que falou à imprensa em nome do grupo.

Estiveram presentes na audiência os reverendos Alexandre Saul, secretário-geral da Aliança Evangélica de Angola (AEA), Vladimir Agostinho, secretário-geral do Conselho de Igrejas Cristãs em Angola (CICA), bispo Dom Afonso Nunes, líder espiritual da Igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo – Os Tocoístas, bispo Alberto Segunda, da Igreja do Reino de Deus em Angola (IRDA), Kissoloquele Kiangane Paul, líder espiritual da Igreja Kimbanguista em Angola, apóstolo Victor David Segunda, da Igreja Etema Santificada Unida de Angola (IESUA) e o pastor Teixeira Mateus Vinte, da Igreja Adventista do 7º Dia.

JA

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *